Na Luta pela Escola Pública

Este blog pretende criar um espaço para informações e discussões sobre Escola Pública na Região dos Lagos, com destaque para o município de Cabo Frio.

O nome “Pó de Giz” é tomado, por empréstimo, do antigo time de futebol dos professores do Colégio Municipal Rui Barbosa. Um colégio reconhecido por sua luta pela educação pública de qualidade. Um lugar onde fervilha a discussão educacional, política e social. Colégio que contribui de maneira significativa na formação de seus alunos, lugar onde se trabalha com o sentido do coletivo.

O " Pó de Giz" é uma singela homenagem a essa escola que tem um "pequeno" espaço educacional, mas corajoso e enorme lugar de formação cidadã.


quinta-feira, 7 de julho de 2011

Flip começa no Rio com protesto

Protesto
Ao deixar o auditório, o publico se deparou com um protesto de professores do Rio de Janeiro que estão em greve há um mês. Em faixas e cartazes, os profissionais criticaram a destinação de recursos para obras da Copa do Mundo 2014, em detrimento dos investimentos em educação.

"O governo investe milhões em reformas superfaturadas de estádios. O dinheiro que deveria ir para a educação está nas mãos de empresários", criticou o professor de inglês Leonardo da Silva Oliveira, 24 anos. Entre outras reivindicações, os professores querem um reajuste de 26% dos salários, reformas nas escolas e descongelamento do plano de carreira dos funcionários. A mobilização ocorre na Flip, segundo os manifestantes, pela visibilidade do evento e pela expectativa da participação do governador Sérgio Cabral (PMDB).

A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, participou da abertura da Flip, que também deveria ter contado, pela primeira vez, com a presença de um Presidente da República. A crise envolvendo o Ministério dos Transportes, contudo, impediu que a presidente Dilma viajasse a Paraty para prestigiar o evento.

fonte: Terra

Um comentário:

  1. Recomendo aos amigos um artigo sobre a situação da educação no Brasil, sobretudo a omissão dos SEPEs nesse aspecto. Sempre ouvimos campanhas salariais com greves e mais greves. Mas quantos cursos os sindicatos de professores realizam por ano? Será que toda a arrecadação serve para a política? É por aí. A politização da categoria é mais válida que o aperfeiçoamento profissional.

    Segue abaixo um excelente artigo que retrata um pouco dos equívocos da arte de ensinar no Brasil.

    Como sempre a reinvidicação por melhores salários, mas a qualidade do profissional continua péssima.
    A EDUCAÇÃO DE MENTIRA: Como o Brasil está trocando conhecimento por ideologia
    Quem tem medo da democracia.com Dias trágicos estamos vivendo hoje na educação pública brasileira. Notícias que chocam o cidadão leigo se sucedem dia após dia. Já acostumados a ver as crianças aprovadas automaticamente nas escolas e analfabetos funcionais se formando no segundo grau, agora nos deparamos com novos absurdos...

    http://quemtemmedodademocracia.com/colunas/non-abbiate-paura/a-educacao-de-mentira/

    ResponderExcluir